Complexo Hospitalar recebe novos funcionários e conta com mais de 800 concursados da Ebserh

Orientar e recepcionar: esse foi o objetivo do acolhimento realizado na manhã desta quinta-feira (7) aos novos concursados da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) que ingressaram no Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará. Os funcionários serão mais um reforço no quadro de pessoal dos hospitais universitários Bettina Ferro de Souza (HUBFS) e João de Barros Barreto (HUJBB), que já conta com mais de 800 profissionais nas áreas médica, assistencial e administrativa.

Os novos trabalhadores foram recebidos pela Superintendente do Complexo, professora Regina Fátima Feio Barroso, que cumprimentou os recém-chegados e iniciou a apresentação da dinâmica de funcionamento dos hospitais universitários. Foram também apresentadas as gerências de Ensino e Pesquisa, de Administração e de Atenção à Saúde dos hospitais Bettina Ferro e Barros Barreto.

Após conhecerem um pouco mais sobre o Complexo, a Divisão de Gestão de Pessoas (DivGP) apresentou sua equipe e discorreu sobre jornada de trabalho dos servidores, os horários, dentre outras atribuições que têm como base a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Foram também apresentados os deveres do servidor, conforme o regulamento de pessoal da Ebserh, e o Código de Ética do Servidor Público. Na ocasião, a equipe da DivGP esclareceu algumas dúvidas.  

"Eu adorei a recepção de verdade, porque é ruim quando nós chegamos em um local e não somos bem recebidos ou ficamos perdidos. Como não conheço ninguém daqui, é importante ser bem recebida", afirma a nova servidora Juliana Ferreira, de 34 anos. Ela veio do estado do Piauí e irá ocupar o cargo de enfermeira no Complexo Hospitalar. "Eu adoro o que eu faço, gosto muito da enfermagem porque o principal é cuidar do próximo. Por isso as minhas expectativas estão altíssimas", ressalta.

A Superintendente do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh, professora Regina Feio, destacou a importância do acolhimento aos funcionários que chegam, para que possam conhecer melhor o novo ambiente de trabalho e contribuir para o funcionamento dos hospitais. "Esses profissionais vêm aumentar o contingente dos hospitais, objetivando construir um quadro de pessoal adequado ao Complexo, tanto na parte médica e assistencial, quanto na parte administrativa", explica a gestora.

A programação continuou pela parte da tarde, quando houve as assinaturas dos contratos de trabalho e apresentação dos trabalhadores às chefias imediatas, que discutiram a respeito de lotações e escalas de trabalho. As jornadas laborais iniciam a partir desta sexta-feira, 08.

Certame– Homologado em fevereiro de 2017, o concurso da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) ofertou 815 vagas para os hospitais do Complexo Hospitalar da UFPA. Desde julho de 2017 as convocações para as áreas médica, administrativa e assistencial vêm sendo publicadas no Diário Oficial da União, e a validade do concurso segue até dezembro deste ano.

Sobre a Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh. O Complexo Hospitalar da UFPA integra a Rede Ebserh desde outubro de 2015.

Texto: Giullia Moreira e Paola Caracciolo – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh