Serviço de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente apresenta o Protocolo Sepse

O Serviço de Vigilância em Saúde e Segurança do Paciente realiza na próxima terça-feira, 18, às 9h, no auditório do Centro de Estudos do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA), a apresentação do Protocolo Sepse ( infecção generalizada ou septicemia), destinada a toda comunidade hospitalar. A ação é em alusão ao Dia Mundial da Sepse, lembrado anualmente nesta quinta-feira, 13. Uma data importante, considerando que a sepse hoje é a principal responsável por óbitos nos hospitais.
 
Segundo dados de organizações de saúde internacionais, estima-se cerca de 670 mil no Brasil por ano e, ao contrário do que se pensa, não é um problema só para pacientes já internados, considerando que uma grande parte dos casos são pacientes atendidos nos serviços de urgência e emergência.
 
O Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS) mostram que a letalidade de pacientes em instituições públicas brasileiras é de 44,8%. As razões para essa letalidade elevada são múltiplas. Entre elas: condições básicas de saúde da população inadequadas, dificuldade de acesso ao sistema de saúde, falta de infraestrutura na rede hospitalar, principalmente nos setores de
urgência, número inadequado e despreparo de profissionais para atendimento, desconhecimento entre profissionais de saúde e leigos, tratamento inadequado e dificuldade de acesso a leitos de terapia intensiva.
 
O reconhecimento precoce é a chave para o tratamento adequado, o que se faz necessário as instituições treinarem suas equipes, com foco na enfermagem, para reconhecer os primeiros sinais de gravidade, principalmente nos serviços de urgência. O tratamento adequado nas primeiras horas tem clara implicação no prognóstico. Medidas simples, como coleta de lactato, culturas, antimicrobianos e ressuscitação hemodinâmica podem salvar vidas.
 
Texto: Edna Nunes – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh.
 
Imagem: Reprodução Google.