Arraial do Complexo integra trabalhadores e familiares

Durante sete dias o Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), vinculado ao Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA)/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vivenciou uma série de eventos alusiva à quadra junina. No período de 26 de junho a 06 de julho atividades culturais, campanha de doação de sangue e o arraial dos hospitais Barros Barreto e Bettina Ferro de Souza (HUBFS) fizeram parte da programação promovida pelo Grupo de Trabalho de Humanização (GTH) do HUJBB.

Para iniciar os festejos, no dia 26 de junho aconteceu a campanha de doação de sangue para abastecer os estoques da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), com o tema "Doar sangue é dar continuidade à vida". Para Lilian Bouth, assistente social do Hemopa, "a parceria com o Hospital Barros Barreto é fundamental, pois o HUJBB é também um grande usuário dos serviços da Fundação". A nutricionista residente Gabrielly Rodrigues participou da campanha e chamou atenção para a importância do doador, pois, segundo ela, "o Hemopa sempre precisa de estoque de sangue, por isso é necessário que estejamos sempre doando para ajudar a suprir essa demanda".

Ao longo do evento ocorreram também exposição e feira de artesanatos, apresentação de literatura em cordel, com o cordelista João de Castro; citação de poesias e dinâmicas; de memorização. O encerramento da programação, último dia 06, foi realizado o arraial junino, com apresentações de Miss Caipira, comidas típicas e o casamento na roça do "Barretão" e "Bettina", representando o enlace dos HU's. A culminância foi a formação de uma quadrilha, formada pelos funcionários do Barros e Bettina Ferro.

A assistente administrativa Déborah Pina participou pela primeira vez de um evento no Complexo Hospitalar da UFPA. "Cheguei na última leva de convocados da Ebserh e achei um evento muito importante para promover a interação entre os funcionários. Espero que sejam promovidos outros eventos dessa natureza, pois como trabalhamos em um hospital com uma rotina muito corrida, eles tornam o ambiente mais leve e dinâmico", afirmou.

Para Tânia Brasil, membro do GTH do Hospital Barros Barreto e coordenadora da programação junina, os eventos integrativos têm como objetivo a melhoria da qualidade de vida dos funcionários e dos pacientes do Complexo, seguindo os moldes da Política Nacional de Humanização, que busca pôr em prática os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) - universalização, equidade e integralidade - no cotidiano dos serviços de saúde.

"Esse evento de integração vem a contribuir na interação e a inter-relação entre os trabalhadores, usuários e gestão. Isso é muito bom, porque, a partir daí, podemos ver que as pessoas melhoram a qualidade de vida e a comunicação interpessoal dentro do hospital", avaliou. Tânia destaca ainda a importância das relações humanizadas dentro do ambiente hospitalar, representando "o cuidado individual, coletivo e a responsabilidade entre todo o público", concluiu.
 

 

 

 
 

Texto e fotos: Paola Caracciolo – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA