Barros Barreto recebe mais de uma tonelada de doação de peixe

O Hospital João de Barros Barreto (HUJBB), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA)/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), recebeu na tarde desta segunda-feira, 4, 1.713 quilos de peixe doados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Esta foi a entrega da primeira remessa de 13.704 quilos de filé de peixe, dos tipos dourada e rosado, que a instituição hospitalar será contemplada até janeiro de 2019. A ação é o resultado de um projeto firmado, recentemente, entre a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Associação dos Trabalhadores do Ramo de Pesca do município de Vigia e HUJBB, discutido há três anos para atender pacientes, acompanhantes e residentes.

A psicóloga Cláudia Porto e a nutricionista Sílvia Gomes somaram esforços e participaram de reuniões junto à Conab apresentando o hospital universitários como agente recebedor. Coube à Cláudia intermediar como representante da unidade e para Sílvia analisar a necessidade nutricional do hospital. "O projeto será mantido pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ligado ao Fome Zero, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), orçado em R$ 191.856,00. Funciona com a Conab comprando a produção dos pequenos pescadores e repassa para instituições, como hospitais cem por cento Sistema Único de Saúde (SUS), creches e escolas. Por esse motivo é custo zero para o Barros Barreto", esclarece a psicóloga.

O tesoureiro da Associação dos Trabalhadores do Ramo de Pesca do município de Vigia, José Rosinaldo Miranda, representado a presidente da entidade, Solange Miranda, informa que a entidade é a única que tem convênio com a Conab para a compra de peixe e o Barros Barreto é o primeiro hospital universitário contemplado pelo PAA. A longo de sete anos de criação, a associação atendia apenas escolas públicas de Vigia. Ele afirma que a doação é feita dentro da lei e tem como fiscalizadora a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), para garantir a qualidade do produto.

Economia - Os gestores do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh estão entusiasmados com a doação, porque, segundo a gerente de Administração, Ivana Augusta Sousa, o impacto financeiro para o HUJBB é uma economia de cerca de R$ 30 mil por mês, só com proteína. Ela comenta que a doação do pescado se agrega à de carboidrato, fornecida há anos por voluntários. Agora, a ideia é retomar o projeto de doação de hortifruti, que anos atrás funcionou junto à Central de Abastecimento do Pará (Ceasa).

Para o superintendente do Complexo, o médico e sociólogo Paulo Roberto Amorim, a parceria envolvendo a Conab, pequenos pescadores de Vigia e o Barros Barreto apresentam dois aspectos: "o nutricional, por ser a carne de peixe altamente saudável e leve para os pacientes; e o econômico, porque reduzindo recursos para a compra da carne vermelha de origem animal, teremos como comprar mais insumos hospitalares, o que de extrema necessidade do hospital", esclarece.
 

Texto: Edna Nunes – Ascom Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh.

Fotos: Edna Nunes – Ascom Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh e de divulgação da Gestão do Complexo.