Parceria entre Saúde Coletiva e Complexo Hospitalar dá início à primeira turma de mestrado

O Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Sociedade na Amazônia (PPGSAS) do Instituto de Ciências da Saúde (ICS) da Universidade Federal do Pará (UFPA) iniciou as aulas do mestrado da primeira turma destinada a profissionais do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA)/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). A disciplina "Bioética na Pesquisa em Saúde" inaugurou o semestre do programa, sendo ministrada pela professora doutora Érica Quinaglia, docente do PPGSAS e da Universidade de Brasília (UnB).

"A disciplina teve como objetivo pensar o desenvolvimento da bioética e a sua consolidação no mundo, além de entender como este campo disciplinar foi desenvolvido no Brasil", esclareceu a professora Érica. Segundo ela, a ideia foi discutir junto aos 22 alunos do curso questões vivenciadas na prática do serviço em saúde, relacionando ao estudo da literatura em bioética. "Isso nos permitiu criar um espaço transdisciplinar para discutir a bioética sob um ponto de vista crítico, considerando as especificidades da nossa realidade", comentou. Para ela, a partir dessa metodologia, houve um retorno positivo em relação à participação dos alunos.

A parceria entre a Ebserh e o PPGSAS iniciou em 2018 destinando vagas para os profissionais atuantes nos hospitais universitários João de Barros Barreto (HUJBB) e Bettina Ferro de Souza (HUBFS). O objetivo é capacitar profissionais e formar docentes e pesquisadores em saúde na região amazônica, tendo como base as diretrizes do Programa de Apoio Qualificação de Servidores, Docentes e Técnico-Administrativos (PADT) da UFPA. O mestrado terá a duração de 24 meses.

Na foto, Profª Érica Quinaglia com a governança do Complexo Hospitalar.

Texto e foto: Paola Caracciolo – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh