GEP divulga resultado final do II PS de residência médica para o HUJBB

A relação final com os nomes dos aprovados no II Processo Seletivo para Residência Médica – 2018, destinado para o Hospital João de Barros Barreto (HUJBB), do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA)/ Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), foi divulgada na tarde desta quinta-feira, 22. A Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP) prorrogou para o processo de matrícula até a próxima segunda-feira, 26, na própria GEP. O treinamento do exercício inicia no dia seguinte após a efetivação da matrícula.

Os candidatos classificados na seleção, de acordo com o número de vagas, deverão efetuar matrícula munidos de: duas fotos 3x4 e três cópias dos seguintes documentos: diploma do curso de graduação ou, considerando-se o parecer nº 303/2000 da Câmara Ensino Superior do MEC, o candidato aprovado poderá apresentar, no ato da matrícula, fotocópia do certificado ou atestado de conclusão do curso de graduação, bem como o documento que comprove que o mesmo está reconhecido pelo órgão competente, devidamente datado e assinado. Neste caso, a matrícula terá caráter precário e provisório até a apresentação do respectivo diploma; diploma do curso de graduação, quando expedido no exterior, que somente será aceito se revalidado por instituição pública de ensino superior no Brasil; carteira de Identidade, CPF, carteira de reservista, carteira de trabalho e previdência social e título de eleitor; cédula de identidade profissional ou comprovante de inscrição no conselho de classe.

De acordo com o edital, no ato da matrícula também deve ser apresentado o comprovante de inscrição no PIS; documento contendo o número de conta-corrente no Banco do Brasil; comprovante de residência atualizado (endereço de BelémPA); certificado de conclusão no Provab expedido pela SGTES-MS, se for o caso; carteira de vacinação atualizada.

Segundo a coordenação do PS, o não comparecimento no prazo estipulado implicará a perda da vaga e a não apresentação da documentação exigida implicará a perda da vaga. Os candidatos estrangeiros devem apresentar também documento de identidade traduzido e autenticado por órgão oficial do Brasil, com o acompanhamento de visto de permanência atualizado e com comprovante de Proficiência em Língua Portuguesa. "Os residentes matriculados deverão entregar obrigatoriamente, até o dia da matrícula, cópia da Cédula de Identidade de Médico expedida pelo Conselho Regional de Medicina do Estado do Pará (CRM-PA)", consta no hospital.

Os candidatos classificados, conforme o limite de vagas, porém impossibilitados de cumprir o programa devido a obrigações militares, deverão, após efetivação da matrícula, solicitar por meio de requerimento dirigido à Comissão de Residência Médica (Coreme), conforme o caso, o trancamento do curso, anexando documentos comprobatórios de convocação para assegurar a sua vaga. Os médicos aprovados neste processo seletivo não poderão utilizar o Provab como dispositivo de trancamento de matrícula.
 


 

Texto: Edna Nunes – Ascom Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh.

Foto: Divulgação Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh.