Tratamentos especializados em patologias bucais

O Hospital Universitário João de Barros Barreto é uma das referências para o tratamento bucal pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Belém, por meio do Serviço de Diagnóstico em Patologia Bucal, criado pela necessidade no tratamento de patologias mais especializadas, às quais os postos de saúde tinham dificuldades para prestar o atendimento. Com a implantação desse serviço de patologia, a Odontologia ganhou duas vagas na residência multiprofissional em área de saúde.

Os dois residentes recebem treinamento para fazer o atendimento primário das lesões. “É de fundamental importância o diagnóstico precoce dessas lesões”, afirma o cirurgião dentista Helder pontes, coordenador da Patologia Bucal. Segundo Helder, algumas dessas lesões têm registros frequentes de casos em nossa região, como é o caso do carcinoma epidermóide que está entre a  quarta e quinta lesão de boca de maior frequência no Estado do Pará.

O serviço possui também uma residência em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, criada em 2010 com objetivo de fazer as cirurgias de pacientes diagnosticados com lesões do tipo benignas agressivas, para que somente as malignas fossem para o Ophir Loyola, o que reduz as filas de espera. 

Reconhecendo a importância do Serviço, o Ministério da Saúde disponibilizou o financiamento para a criação do Centro de Especialidade Odontológica (CEO). Centro que, atualmente, além de atender a procedimentos odontológicos mais complexos também realiza alguns procedimentos na rede de atenção básica.

Projeto PPSUS                      

O Projeto Programa de Pesquisa para o Sistema Único de Saúde (PPSUS), financiado pelo Ministério da Saúde em conjunto com o Ministério da Educação e as Secretarias de Saúde do estado, visa dar condições  para serem feitos projetos que possam ajudar o Sistema Único de Saúde (SUS).

O sistema de saúde do Estado é dividido em regionais. Através do projeto são feitas visitas à essas regionais para aplicação de aulas teóricas aos  dentistas da região, a fim de incentivá-los a se especializar. Os que se interessam, vem para Belém para um mês de treinamento. Após o treinamento os dentistas estarão aptos para fazer atendimento no próprio município, poupando tempo e recursos que poderão ser despendidos em outras atividades.

Dia do cirurgião Dentista

O dia 25 de outubro foi escolhido pelo Conselho Federal de Odontologia como o dia do cirurgião-dentista. A data é uma referência à assinatura do decreto 9.311, que criou os primeiros cursos de graduação em odontologia no País.

Esse profissional é responsável por tratamentos e prevenções de doenças bucais, tendo em sua missão na qualidade de vida dos seus pacientes. Ganhando cada vez mais espaço, o cirurgião-dentista é responsável  por cuidar não apensa dos dentes, mas de toda a estrutura facial que engloba gengivas, ossos faciais e o maxilar. Através dos avanços na odontologia, já se pode desenvolver muitos tratamentos reabilitadores que auxiliam na função dentária e na estética.