Rede Universitária de Telemedicina - RUTE

Serviços relacionados a cuidados com a saúde são de fundamental importância em casos onde a distância é um fator crítico como na região amazônica e tais serviços são prestados por profissionais da área da saúde, usando tecnologias de informação e de comunicação para o intercâmbio de informações válidas para diagnósticos, prevenção e tratamento de doenças e a contínua educação de prestadores de serviços em saúde. Considerando esse fato em 2005 foi o inicio do Programa Nacional de Telessaude, desde então, por meio de um esforço do Ministério da Saúde, foram desenvolvidas várias ações de envolvimento multissetorial. Entendendo a necessidade da participação multi-institucional, de unir a comunidade acadêmica com as necessidades governamentais de saúde pública.

A partir da articulação do Programa Nacional de Telessaúde temos a criação da Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), que é iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia, apoiada pela Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e pela Associação Brasileira de Hospitais Universitários (Abrahue), coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) visando o aprimoramento de projetos em telessaúde e telemedicina, incentivando surgimento de futuros trabalhos interinstitucional.

No Pará, o início das atividades em telessaúde foi com a implantação dos núcleos RUTE nos Hospitais Universitários da Universidade Federal do Pará.

 O núcleo da RUTE no Hospital Universitário João de Barros Barreto foi inaugurado em 18/06/09, porém ações em telessaúde já eram realizadas desde 2008. Nos últimos três anos foram transmitidas para os campi do interior do Pará em torno de 16 videocursos anuais produzidos pela RUTE HUJBB. A programação da RUTE é transmitida da sala de videoconferência no centro de estudos do HUJBB para nove campi da UFPA: Abaetetuba, Altamira, Bragança, Breves, Cametá, Capanema, Castanhal, Marabá, e Soure. Estes municípios possuem realidades socioeconômicas e índices epidemiológicos diversos, localizam-se em áreas geográficas como a ilha do Marajó (Breves e Soure) e sudeste paraense (Marabá).

 As atividades são transmitidas por meio de videoconferências, que são comunicações entre um ou mais grupos de pessoas distantes geograficamente e com transmissões realizadas simultaneamente através de equipamentos que capturam, processam e exibem imagens e áudio para todos os participantes. Essas transmissões são gerenciadas pelo CETIC (Centro Tecnológico de Informações e Comunicação) através do modelo MCU (Unidade de Controle Multiponto), onde cada participante estabelece uma conexão com a MCU central e a distribuição do fluxo de áudio, vídeo e dados para cada participante é feita pelo MCU que mescla os vários fluxos de áudio, seleciona o fluxo de vídeo correspondente e retransmite o resultado para todos os outros participantes. Nossos trabalhos são transmitidos via Internet pelo link: mms://cineolimpia.ufpa.br/hujbb-trans.

As videoaulas e videocursos produzidos enfocam temas diversos como: Infectologia, Cirurgia Geral, Desenvolvimento Infantil, Endocrinologia, Oncologia, Pneumologia, Geriatria, Clínica Médica e Saúde Bucal. Os facilitadores das atividades são docentes dos Cursos de Saúde na UFPA. O público alvo é a comunidade de profissionais e estudantes de saúde do Pará.

 Além dos videocursos e videoaulas a RUTE/HUJBB trabalha com osSIG’s, que são fóruns de discussão sobre temas específicos, nos quais os profissionais de saúde das instituições pertencentes à rede montam uma agenda para debate, discussões de casos clínicos e aulas à distância. Os profissionais do HUJBB participaram de diversos SIG’s como Saúde Indígena, Atenção Primária em Saúde (APS) e Pesquisa Clinica. Ampliando as atividades da RUTE no HUJBB a partir de 2011, no hospital é desenvolvido o Projeto de Extensão:Telessaúde no Hospital Universitário João de Barros Barreto, vinculado a PROEX.

 A RUTE possui Coordenação Nacional representada pelo Prof. Ary Messina, vinculado a RNP. A Coordenação no HUJBB é da Profa Teresa Bordallo, docente da Faculdade de Medicina da UFPA. A RUTE no HUJBB trabalha em conjunto com a Coordenadoria de Atividades Acadêmicas (CAA) e Divisão de Treinamento e Educação Continuada (DTEC).

O maior benefício da RUTE é a troca de experiências entre universidades e profissionais de diferentes regiões do estado e do Brasil, que utilizam este recurso para aumentar suas atividades acadêmicas, além de ser incentivo para a maior participação no desenvolvimento do seu próprio estado, buscando alternativas para outros problemas locais.

 A partir de agosto de 2009, na atual gestão RUTE/HUJBB temos vasta produção cientifica e participações em eventos nacionais e internacionais no campo da telessaúde, dentre as produções acadêmicas mais recentes citamos: Oficina de Telessaúde: Telessaúde, Educação e assistência noXVI Congresso Médico Amazônico, em março de 2012. Temas livres: Tecnologias Interativas em educação em Saúde no Pará, no V Congresso Brasileiro e Internacional de Telemedicina e Telessaúde realizado em Manaus-AM, novembro de 2011.Experiência em Telessaúde e Telemedicina no Pará, no XII Congresso Brasileiro de Informática em Saúde, realizado em Porto de Galinhas-PE, outubro de 2010.

 Em agosto de 2011 o uso da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) em saúde foi um dos principais temas do IV Congresso do HUJBB. Contando com a presença do Prof. Dr. Ary Messina, palestrante sobre Telessaúde no evento. Ainda a Profa Teresa Bordallo participou como representante da união das Universidades da Amazônia (UNAMAZ) na VI Reuniôn de LA Red Pan Amzonica de Ciencia em La Saude Y VI Comité Intergobernamental de CT& S promovida pela organização mundial de saúde de 1 a 2 de dezembro de 2011 em Santa Cruz de La Sierra, Bolívia.

 A RUTE/HUJBB por diversas vezes já esteve presente na mídia local divulgando seu trabalho em Educação em Saúde no Estado. Citamos: Entrevista concedida pela atual gestora ao Programa Sem Censura Pará em setembro de 2010. Matéria publicada em setembro de 2011 no Jornal Beira do Rio, periódico da Universidade Federal do Pará.